Notícias LNCC

SUPERCOMPUTADOR SANTOS DUMONT OPERA COM 51 PROJETOS CIENTÍFICOS E TECNOLÓGICOS

O supercomputador mais rápido da América Latina com velocidade de processamento de um quatrilhão de operações de ponto flutuante, equivalentes somas/subtrações por segundo, classificando-se na lista dos Top 500 do mundo (top500.org), está em pleno funcionando na sede do Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC/MCTIC), em Petrópolis (RJ).

Batizado de Santos Dumont ou SDumont e adquirido com recursos concedidos pela Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), o supercomputador está acessível, desde julho de 2016, à comunidade de pesquisa e desenvolvimento do país. Qualquer pesquisador vinculado a uma instituição brasileira de ensino ou pesquisa com um problema relevante que demande processamento computacional de alto desempenho pode submeter propostas para utilizar os recursos computacionais do SDumont.

As propostas submetidas devem demonstrar a excelência científica e relevância do problema, explicitando os aspectos de inovação e o impacto científico esperado. A identificação de possíveis aplicações práticas resultantes do projeto é desejável. As propostas submetidas ao programa devem também atender a requisitos técnicos da plataforma computacional.

Atualmente, o supercomputador opera com 51 projetos científicos e tecnológicos, originários de instituições de todas as regiões do Brasil e em diferentes áreas do conhecimento, tais como: Engenharias, Física, Ciências Biológicas, Química, Ciência da Computação, Meteorologia, Ciências da Saúde, Ciências Sociais, Geociências, Matemática, Ciência dos Materiais, Astronomia e Ciências Agrárias.


Saiba mais sobre o uso do SDumont e os projetos em andamento, acessando o endereço eletrônico: http://sdumont.lncc.br/projects_ongoing.php?pg=projects#

Data: 05/12/2016